0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 02/04/2020 17:19

A Polícia Civil fechou uma oficina clandestina de armas de fogo que estava funcionando no setor Cidade Alta, em Tocantinópolis, na última quarta-feira, 1º.

Durante as investigações foi constatado que um homem estaria utilizando a própria casa para fabricação e montagem de armamento de calibre variado. No local, os agentes prenderam em flagrante um homem de 50 anos de idade, que era responsável pela oficina clandestina.

Durante buscas realizadas no local, os policiais localizaram e apreenderam dois revólveres, um rifle calibre 22, uma réplica de pistola 9mm, cerca de 200 munições intactas de vários calibres além de inúmeras peças destinadas à montagem, fabricação e conserto de armas de fogo.

Foto: Delegacia de Polícia Civil de Tocantinópolis.

Além de fabricar e consertar armas de fogo, o responsável pelo local testava as armas no fundo da sua casa, razão pela qual foram encontrados inúmeros cartuchos de munição no local, além das placas de ferro onde ele disparava para ver se a arma estava funcionando.

O homem foi conduzido à Delegacia onde foi autuado pelo crime de fabricação clandestina de armas de fogo, crime tipificado pelo Art. 17 do Estatuto do Desarmamento. Ele foi conduzido para a Cadeia Pública de Tocantinópolis. 

Post Anterior

SES divulga recomendações para trabalhadores e empregadores do setor de delivery

Próximo Post

Tocantins segue para o 2º dia sem novas confirmações do coronavírus