0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 14/10/2020 15:32

A 1ª Divisão Especializada de Repressão a Narcóticos (1ª Denarc) de Palmas e em parceria com o Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual do Tocantins (MPE-TO), desmontou um ponto de tráfico de drogas localizado na região sul de Palmas. O local era usado para armazenar e vender drogas de uma facção criminosa de atuação nacional.

Durante a operação foram apreendidos 2,5 Kg de maconha, 1,5 Kg de cocaína, 25 munições de diversos calibres e carregador de arma, além de insumos para produção e fracionamento da droga. Três pessoas, sendo duas mulheres e um menor, foram conduzidas à Delegacia.

Apreensão de droga. Foto: Divulgação/SSP-TO.

De acordo com o delegado-chefe da 1ª Denarc, Enio Wálcacer de Oliveira Filho, o núcleo operacional da 1ª Denarc em parceria com o núcleo de inteligência do Gaeco, monitoraram o local e confirmou o intenso fluxo de movimento de usuários e traficantes entre duas casas localizadas na região sul de Palmas. De acordo com o delegado de polícia, as informações apontaram para uma das casas como sendo utilizada para estocagem de drogas em maior quantidade e a outra para fracionamento e entrega para usuários, em um sistema que buscava evitar ação policial.

Duas mulheres foram presas em flagrante, pelo crime de tráfico de drogas. Um dos conduzidos era um adolescente, o qual foi liberado mediante termo de compromisso do responsável legal, nos termos do Estatuto da Crianca e do Adolescente – ECA, após o lavramento do Boletim de Ocorrência Circunstanciado.

Post Anterior

Projeto pretende isentar de IPVA veículos adquiridos por deficientes auditivos

Próximo Post

Tocantins contabiliza mais 381 novos casos confirmados da Covid-19

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *