0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 05/05/2022 15:43

Seis pessoas, suspeitas de integrar uma associação criminosa especializada no tráfico de drogas, foram presas na manhã desta quinta-feira, 5, durante a operação Droogs, que foi deflagrada pela Polícia Civil do Tocantins (PC-TO), nas cidades de Colmeia, Goianorte e Pequizeiro.

Idealizada pela 45ª Delegacia de Colmeia (DP), sob a coordenação do delegado João Luís Jucá e apoio do delegado regional Adriano Carrasco, a operação contou com apoio de várias outras unidades da PC, além da Polícia Militar, teve por objetivo combater o tráfico de substâncias entorpecentes e desarticular uma associação criminosa, que atua no tráfico de drogas em Colméia e municípios vizinhos.

Na ocasião, os policiais civis também deram cumprimento a dois mandados de prisão de indivíduos que são suspeitos de praticar o crime de assalto a mão armada. Além disso, foram apreendidos um revólver com munições intactas, uma balança de precisão, porções de crack e maconha, além de telefones celulares e uma motocicleta.

Cinco presos, com idades de 25, 23, 18, 38 e 24 anos, foram capturados em Colmeia e um de 35 anos, em Goianorte.

De acordo com o delegado João Luís Jucá, a ação resultou nas prisões dos principais traficantes que comandavam o comércio de drogas, aonde a operação Droog foi realizada. A aludida operação contou com apoio da 5ª Divisão Especializada de Repressão ao Crime Organizado (5ª Deic) de, Guaraí, 43ª DP, de Pequizeiro, 47ª e 48ª DP’s, de Guaraí, 5ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e Vulneráveis (DEAMV) de Guaraí, 6ª Deic de Paraíso do Tocantins e 3ª Deic Araguaína, além do auxílio de Grupo de Operações com Cães (GOC), da Polícia Militar e do Grupo de Operações Táticas Especiais (Gote) e da Unidade de Elite da PC-TO.

Segundo o delegado João Luís Jucá, a operação foi exitosa, uma vez que os objetivos estabelecidos foram cumpridos. “Por meio da ação realizada nesta quinta-feira, a Polícia Civil do Tocantins efetuou as prisões de seis pessoas, com envolvimento no tráfico de drogas e em outros crimes e que lideravam o tráfico na região de Colmeia. Dessa maneira, o trabalho policial traz paz e tranquilidade, não somente aos moradores de Colmeia, mas de toda a região”, pontuou a autoridade policial.

 

Post Anterior

Corrida da Infantaria terá percurso de 8 km em Palmas

Próximo Post

MDB FAZ PESQUISA QUALITATIVA SOBRE CHANCES DE SIMONE TEBET

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *