0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 13/08/2019 08:39

A Polícia Civil apreendeu mais de 7kg de maconha, no Jardim Taquari, região Sul de Palmas, durante a operação “Bazófia. Na ação, foram presas duas pessoas: uma mulher, 18 anos, e um homem, 24 anos. 

Segundo o delegado Emerson Francisco de Moura, a ação faz parte do combate a uma rede de tráfico de drogas que estaria sendo coordenada por detentos em Palmas. Após a informação de que um carregamento de entorpecente e insumos relacionados ao tráfico, estariam em uma residência, no Jardim Taquari, local já monitorado pela DENARC e que era ocupado por um integrante de facção criminosa preso também em ação da Delegacia Especializada e posto em liberdade recentemente, os policiais civis deslocaram-se até o local e perceberam intenso fluxo de usuários.

Após a saída de algumas pessoas do imóvel, os agentes aproximaram-se do portão, sendo recebidos pelo traficante (M.H.C.S, vulgo “Matheuzinho”), que acreditava se tratar de novos usuários querendo adquirir drogas. 

De acordo com a Polícia Civil, foi confirmado que o suspeito utilizava a própria residência como ponto de venda de drogas e escondia parte do entorpecente na casa da companheira, também no Jardim Taquari. Buscas no interior do imóvel levaram ao encontro de várias porções de entorpecente e uma balança de precisão citada em outra ação da DENARC que resultou na prisão em flagrante de uma mulher e de um mototaxista pela manhã desta última segunda-feira, 12. Também foram apreendidas várias anotações da contabilidade do tráfico, inclusive com o nome da investigada presa anteriormente.  

Já a casa da companheira do suspeito, os policiais civis puderam confirmar a presença de várias barras inteiriças de maconha, balança de precisão e anotações da contabilidade do tráfico. O casal foi conduzido até à sede da DENARC, onde foram autuados em flagrante por tráfico de drogas e associação para o tráfico. A mulher foi recolhida à Unidade Prisional Feminina de Palmas e homem foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Palmas. 

Post Anterior

Ex-prefeito de Almas, Leonardo Cintra é condenado por improbidade administrativa e terá que devolver R$ 228 mil aos cofres públicos

Próximo Post

Mototaxista suspeito de fazer transporte de drogas e insumos do tráfico é preso em flagrante na Capital

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *