0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 24/01/2022 16:08

Dois homens, 46 e 36 anos, foram presos pela Polícia Militar, na tarde da última sexta-feira, 21, na Zona Rural da cidade de Porto Nacional, após efetuarem um roubo em uma propriedade rural na cidade de Ponte Alta. A dupla que já possui extensa ficha criminal e chegou a trocar tiros com a equipe policial, acabou presa e os bens roubados foram recuperados pela Polícia Militar.

Policias militares do 5º Batalhão de Polícia Militar, na cidade de Ponte Alta do Tocantins, foram acionados pela vítima, um homem de 55 anos, por volta de 11h da manhã, que relatou que no início da manhã por volta de 08h aproximadamente seis homens caracterizados com uniformes da Adapec, num Siena prata, também caracterizado, chegaram na sua propriedade rural e após alguns instantes supostamente a inspecionando, anunciaram o roubo, e armados com revólveres exigiram dinheiro e joias.

Segundo a vítima, os assaltantes fizeram de refém sua família e mais duas pessoas que compareceram na fazenda no momento do roubo. A vítima foi obrigada pelo grupo a chamar até a propriedade rural um funcionário, carregando dinheiro do seu estabelecimento comercial, um posto de combustíveis.

O homem relatou ainda que ficaram amarrados no local das 08 até as 11h da manhã e os autores, após revirarem toda a residência, fugiram levando aparelhos celulares das vítimas, uma camionete DODGE RAM preta e ainda como refém, levaram duas mulheres e um bebê de apenas 7 meses. 

Após tomar conhecimento dos fatos, as equipes policiais do 5º BPM das cidades de Porto Nacional, Silvanópolis, Força Tática e Agência Local de Inteligência (ALI )da unidade, iniciaram diligências e já no início da tarde por volta de 12h, tiveram êxito na prisão de dois dos envolvidos, na libertação dos reféns e recuperação dos objetos, bem como do veículo roubado.

Com a dupla, a PM recuperou a quantia de R$ 9.315,40, dois revólveres calibre 38, uma carabina do mesmo calibre, duas espingardas uma calibre 28 e a outra 5.5. 

Os autores junto com todo material recuperado foram conduzidos para Delegacia de Polícia, para realização dos procedimentos cabíveis.

Post Anterior

LEVANTAMENTO MOSTRA QUE CENTRÃO CONTROLA R$ 150 BILHÕES NO GOVERNO

Próximo Post

Governo corta investimentos para o menor nível da história e mantém orçamento secreto intocado