0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 14/09/2020 16:11

O 4º Batalhão (BPM), realizou a 13ª edição da operação Cidade Blindada, na região sul do Estado. A operação foi realizada entre os dias 9 a 11 de setembro, em Gurupi e cidades circunvizinhas.

As ações foram coordenadas pelo comandante do Policiamento do Interior (CPI), coronel Francinaldo Machado Bó, além do comandante do 4º BPM, tenente-coronel Jaime Porfírio de Souza.

A operação Cidade Blindada contou com emprego do efetivo administrativo e operacional do 4º Batalhão, além do reforço das unidades especializadas: Companhia de Operações Especiais (Cioe), do Batalhão de Polícia Militar Rodoviário e de Divisas (BPMRED), do Batalhão de Polícia Militar Ambiental (BPMA), do Batalhão de Polícia Militar de Choque (BPCHOQUE), da Força Tática e Força Tática Cães do 4º BPM e o Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), enviada pelo comandante-geral da PMTO, coronel Jaizon Veras Barbosa.

Neste período, foram intensificadas as atividades de policiamento ostensivo de caráter preventivo e/ou repressivo, bloqueios e abordagens nas rodovias estaduais e perímetro urbano, especialmente nos bairros com maior incidência criminal nos municípios de Gurupi, Formoso do Araguaia, Alvorada, Peixe, Talismã e Aliança do Tocantins.

Balanço

Durante a operação, foram abordadas 430 pessoas suspeitas, três pessoas foram presas por crimes diversos, um veículo com registro de furto foi recuperado em Formoso do Araguaia, foram confeccionadas 41 infrações de trânsito, 23 veículos foram removidos por estarem em desacordo com a Legislação de Trânsito.

Além dessas ações, dois animais silvestres foram resgatados pela PM, houve também apreensões de entorpecentes como cocaína e maconha e de uma balança de precisão.

O comandante do Policiamento do Interior (CPI), coronel Francinaldo Machado Bó, avaliou o resultado da operação como positiva. Não foi registrada nenhuma ocorrência de maior repercussão negativa na região sul.

Post Anterior

Concurso público de Colinas: avaliação de capacidade física é adiada para outubro

Próximo Post

Governo do Estado zera fila de espera para tratamento de hemodiálise

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *