0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 12/05/2021 13:54

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira, 12, a “Operação Micalea”, que investiga a participação de empresários e servidores públicos municipais suspeitos de realizarem desvios de recursos públicos da merenda escolar no município de Formoso do Araguaia.

Cerca de 14 Policiais Federais dão cumprimento a quatro mandados de busca e apreensão na cidade de Formoso do Araguaia, todos expedidos pela Vara Federal Cível e Criminal de Gurupi.

Operação deflagrada pela Polícia Federal. Foto: Divulgação/PF-TO.

Os indícios dos desvios surgiram após a identificação de problemas na qualidade da merenda fornecida aos alunos da rede pública de educação do município de Formoso do Araguaia.

A operação  visa coletar mais elementos que possam estabelecer o montante total dos valores desviados, assim como o descobrimento de eventuais partícipes nas condutas criminosas investigadas. Os investigados poderão responder pelos crimes de corrupção e desvio de recursos públicos.

A palavra “micalea” deriva do latim e significa migalhas e foi utilizado como nome da operação por se acreditar que a merenda oferecida aos alunos era de baixa qualidade e possivelmente em quantidade inferior à adequada.

Post Anterior

PF pede abertura de investigação sobre supostos repasses ilegais a Toffoli

Próximo Post

Após 3 semanas de queda, casos de coronavírus voltam a avançar no Brasil puxados por 9 Estados