0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 05/05/2022 07:15

Polícia Federal apreendeu na tarde desta quarta-feira (4) 78 kg de ouro em uma aeronave em Sorocaba, interior de São Paulo. Pela cotação desta quarta (4), o carregamento é avaliado em cerca de R$ 23 milhões.

O avião, um King Air, foi abordado pelos agentes federais enquanto o ouro era descarregado em malas de viagens.

Durante a ação, a PF descobriu que policiais militares do estado de São Paulo eram os responsáveis pela escolta do carregamento.

Um dos PMs que atuava na escolta é um tenente-coronel que está lotado na Casa Militar do governo de São Paulo, que é o órgão que cuida da segurança do governador, mas está afastado desde dezembro para cumprir licença antes de passar para a reserva.

Segundo apuração da reportagem, os responsáveis pelo carregamento apresentaram uma documentação para justificar o volume.

A PF, no entanto, suspeita que a origem do ouro é ilegal e deve abrir uma investigação para apurar o caso.

Um dos objetivos da apuração será entender o envolvimento dos PMs no transporte do ouro.

Além do ouro, a PF apreendeu a aeronave e celulares de todas pessoas abordados no local. Elas estão sendo ouvidas pela polícia.

Pela cotação desta quarta (4), o carregamento é avaliado em cerca de R$ 23 milhões.

Post Anterior

Claudia Leitte comemora reencontro com público: 'Eu gosto é de gente'

Próximo Post

Bolsonaro veta nova Lei Aldir Blanc, que prevê R$ 3 bi anuais para cultura

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *