0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 16/07/2022 11:34

Os preços dos combustíveis da Petrobras nas refinarias estão 8% acima do valor da paridade internacional. Desde o último reajuste da gasolina, o barril de petróleo caiu 11%.

Em Brasília, começa a ganhar corpo um movimento de pressão sobre a estatal, que está desalinhada aos preços internacionais.

Historicamente, a Petrobras ficava atrasada na hora de aumentar os preços. O que está acontecendo agora é o oposto: está atrasada para reduzir os valores.

A queda do barril do petróleo ao longo das últimas semanas acontece diante de vários aspectos internacionais, especialmente a chance de recessão nos EUA.

 

Post Anterior

Bolsonaro participa de marchas para Jesus no Nordeste

Próximo Post

Eleições de 2022 têm 156 milhões de pessoas aptas a votar, diz TSE