0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 18/05/2022 08:48

Pesquisa Genial/Quaest para a eleição para o governo da Bahia, divulgada nesta quarta-feira (18), traz o ex-prefeito de Salvador ACM Neto (União Brasil), à frente, com 67% das intenções de voto.

Na sequência, aparecem o ex-secretário estadual de Educação Jerônimo Rodrigues (PT), com 6%; e o deputado federal João Roma (PL), com 5%.

O professor Kleber Rosa (PSOL) marcou 1%, e Giovani Damico (PCB) não pontuou.

De acordo com o levantamento, ACM Neto venceria no primeiro turno.

A proporção dos que dizem que irão votar em branco, anular ou deixar de votar representa 12%. Os indecisos equivalem a 8%.

A margem de erro é de 2,9 pontos percentuais para mais ou para menos. Foram entrevistadas 1.140 pessoas face a face entre os dias 13 e 16.

O levantamento tem 95% de confiança. Ou seja, se 100 pesquisas fossem realizadas, ao menos 95 apresentariam os mesmos resultados dentro desta margem.

A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob os números BR-02283/2022 e BA-03239/2022.

Também foram testados outro cenário de primeiro turno e três cenários segundo turno. Confira abaixo.

Primeiro turno

Intenção de voto estimulada para governador da Bahia

Cenário I

ACM Neto (União Brasil) – 67%

Jerônimo Rodrigues (PT) – 6%

João Roma (PL) – 5%

Kleber Rosa (PSOL) – 1%

Giovani Damico (PCB) – 0

Branco/Nulo/Não vai votar – 12%

Indecisos – 8%

Cenário II

ACM Neto (União Brasil) – 70%

Jerônimo Rodrigues (PT) – 8%

Kleber Rosa (PSOL) – 2%

Branco/Nulo/Não vai votar – 12%

Indecisos – 7%

Segundo turno

Intenção de voto estimulada para governador da Bahia

Cenário I

ACM Neto (União Brasil) – 73%

Jerônimo Rodrigues (PT) – 11%

Branco/Nulo/Não vai votar – 11%

Indecisos – 5%

Cenário II

ACM Neto (União Brasil) – 73%

João Roma (PL) – 10%

Branco/Nulo/Não vai votar – 11%

Indecisos – 9%

Cenário III

João Roma (PL) – 24%

Jerônimo Rodrigues (PT) – 22%

Branco/Nulo/Não vai votar – 41%

Indecisos – 14%

Os pré-candidatos ao governo da Bahia ACM Neto (União Brasil), Jerônimo Rodrigues (PT) e João Roma (PL)

Post Anterior

Alta do diesel faz preços subirem 10% nas Centrais de Abastecimentos

Próximo Post

Flamengo derrota Universidad Católica e se classifica na Libertadores