0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 07/06/2022 17:50

Nesta terça-feira (7), apenas dois dias antes de seu encontro com o líder norte-americano, Joe Biden, o presidente Jair Bolsonaro (PL) colocou em dúvida a eleição norte-americana ocorrida em 2020, da qual Biden saiu vitorioso ao concorrer com Donald Trump.

De acordo com a agência Reuters, o mandatário brasileiro citou “fraude eleitoral” que poderia ter acontecido no pleito estadunidense.

“Quem diz é o povo americano. Eu não vou entrar em detalhes na soberania de outro país. Agora, o Trump estava muito bem. E muita coisa chegou para gente que a gente fica com pé atrás. A gente não quer que aconteça isso no Brasil. Tem informações de próprios brasileiros que teve gente que votou mais de uma vez”, afirmou.

Os dois chefes de Estado devem se encontrar nessa quinta-feira (9) para Cúpula das Américas em Los Angeles.

Entretanto, em um primeiro momento, Bolsonaro disse que não compareceria ao evento, conforme noticiado. Depois mudou de ideia ao ser chamado pessoalmente por um enviado de Biden. Contudo, o presidente brasileiro ainda mostra resistência ao dizer em entrevista nesta terça (7) que “não seria moldura para retrato de ninguém”.

“Fomos convidados e eu falei que não iria. Mas veio um representante dele aqui e nós acertamos algumas coisas. Eu não seria moldura de retrato para ninguém, ele [Biden] congelou o relacionamento [com o Brasil]. É um evento que sem o Brasil seria bastante esvaziado”, afirmou o presidente citado pelo jornal Valor Econômico. (com agência Sputnik Brasil)

Post Anterior

Secretários estaduais conhecem estrutura do Centro de Educação e Tecnologia do SENAI em Palmas

Próximo Post

Casa do empreendedor de Palmas realiza palestra sobre educação financeira e crédito

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.