0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 07/12/2018 17:47

Os Correios do Tocantins confirmaram nesta sexta-feira, 07, a prorrogação do prazo para adotar as cartinhas da campanha Papai Noel dos Correios. O prazo agora segue até o dia 13 de dezembro. 

Cerca de duas mil cartas ainda estão disponíveis para adoção. Até o momento, 6.713 foram selecionadas e disponibilizadas para adoção, pois atendem aos critérios da Campanha e 4.733 foram adotadas. 

Para participar é simples: basta comparecer aos pontos de adoção e escolher uma ou mais cartas. Depois, os presentes relativos às cartas adotadas são entregues pelos padrinhos e madrinhas aos Correios, que realizam a entrega para as crianças. Em Palmas, as cartinhas podem ser adotadas na Casa do Papai Noel, localizada no edifício-sede dos Correios. No interior do Estado, as cartas estão disponíveis nas agências centrais de Correios nas cidades de Araguaína, Gurupi, Paraíso do Tocantins e Porto Nacional.

Campanha

Somente nos últimos três anos, foram recebidas mais de 2,6 milhões de cartas destinadas ao Papai Noel dos Correios. Além de estimular as crianças a escreverem cartas, a campanha dissemina valores natalinos, como a solidariedade. Em uma corrente do bem, empresa, empregados e voluntários da sociedade se juntam para, dentro do possível, atender aos pedidos de presentes daqueles que se encontram em situação de vulnerabilidade social.

Além das cartas das crianças da sociedade que escrevem diretamente ao Papai Noel, participam da campanha estudantes das escolas da rede pública (até o 5º ano do ensino fundamental) e de instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos. Desde 2010, os Correios estabeleceram essas parcerias a fim de trabalhar ações como o desenvolvimento da habilidade da redação de carta, o endereçamento correto e o uso do CEP.

Veja as cartinhas com pedidos inusitados que ainda não foram adotadas na campanha Papai Noel dos Correios

Post Anterior

Segurança Pública: ATM se manifesta com preocupação sobre extinção de cinco delegacias regionais

Próximo Post

Vítima identifica o próprio celular furtado em grupo de ''gambira'' nas redes sociais, no norte do Estado