Home»Comunidade»Operação Luz da Infância cumpre mandados de busca e apreensão no estado

Operação Luz da Infância cumpre mandados de busca e apreensão no estado

Atualizada em: 20/10/2017 15:53

0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Por Pedro Monteiro

A mega operação Luz na Infância, já prendeu mais de 100 pessoas em todo o Brasil, segundo o Ministério da Justiça e Cidadania. Policiais civis de 25 estados cumprem 178 mandados de busca e apreensão relacionados à prática de pedofilia. Ao deparar com material pornográfico de crianças e adolescentes na casa dos suspeitos, os agentes efetuam as prisões, em flagrante.

No Tocantins, 7 mandados de busca e apreensão estão sendo cumprindo no interior e na Capital. Alguns dos alvos foram identificados através de um levantamento de informações pela Senasp e a Embaixada dos Estados Unidos da América no Brasil. A parceria da Polícia Civil do Tocantins com a Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp),  busca apurar crimes de exploração sexual infantil.

A operação tem esse nome pois busca devolver a dignidade às crianças e adolescentes vítimas de abuso e violência sexual, e “tirar os criminosos da escuridão”.

 

A operação é considerada uma das maiores do mundo no combate à pedofilia e envolve 1,1 mil policiais. O trabalho de investigação durou seis meses, e o número final de presos e mandados cumpridos será divulgado pelo Ministério da Justiça até o fim do dia.

As investigações agora vão apontar se os detidos fazem parte de quadrilhas nacionais e internacionais ou agiam sozinhos. Também não foram divulgadas informações consolidadas sobre o perfil das pessoas que foram presas. Mais de 150 mil arquivos com conteúdo pornográfico de menores de idade foram encontrados pelas investigações.

O ministro da Justiça, Torquato Jardim, disse que o trabalho continua e mais mandados podem ser emitidos nos próximos dias.

 

 

Post Anterior

Travesti é morta a tiros em Gurupi

Próximo Post

Presos em operação da Polícia Civil no Tocantins podem estar envolvidos em rede de pedofilia pela internet