0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 30/10/2018 08:35

A Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO) publicou nesta segunda-feira, 29, os resultados da Sondagem Industrial e do Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI). As pesquisas são referentes ao 3° trimestre de 2018 e apontam um desaquecimento na atividade industrial que passou de 49 para 48 pontos. 

Ao Portal Orla Notícias, a gerente da Unidade de Desenvolvimento Industrial da FIETO, Amanda Barbosa, disse que as pesquisas foram feitas entre julho e setembro, tendo a divulgação agora neste mês de outubro. “Dentre os setores pesquisados estão a indústria alimentícia, de bebidas e de vestuário”, ressaltou a gerente.

Os empresários também diminuíram as expectativas para os próximos meses, apesar de manterem o índice de confiança acima de 50 pontos. Os números da Sondagem Industrial apontam uma redução do Número de Empregados em comparação ao trimestre anterior, que passou de 53 para 51 pontos neste 3° trimestre.

A Utilização da Capacidade Instalada (UCI) também diminuiu: passou de 69% para 67% nesse trimestre. Já a Evolução dos Estoques continua estável, com os índices na linha divisória dos 50 pontos.

Os maiores gargalos apontados pelos empresários neste trimestre foram a Falta ou Alto Custo da Energia e Elevada Carga Tributária em primeiro lugar, seguido da Falta ou Alto Custo da Matéria-Prima, Competição Desleal e Dificuldades na Logística de Transporte. “Esta é a primeira vez que registramos, pegando como base a série histórica, realizada desde 2005, a Falta ou o Alto Custo da Energia em primeiro lugar”, apontou Amanda.

Diante disso, os indicadores de Satisfação com a Margem de Lucro Operacional e com a Situação Financeira diminuíram. A Satisfação com a Margem de Lucro Operacional passou de 44 para 41 pontos e a Satisfação com a Situação Financeira passou de 46 para 43 pontos. Os índices de satisfação variam de 0 a 100 pontos. Valores menores que 50 pontos indicam insatisfação.

A gerente ainda ressaltou que, de um total de 2.500 indústrias, as amostras nesta pesquisa variaram entre 64 e 96 estabelecimentos a cada mês. 

Confiança do Empresário

O Índice de Confiança do Empresário (ICEI) neste trimestre continuou em queda. O indicador passou de 54,3 pontos para 52,1 pontos de julho a outubro. Mesmo com este cenário, o ICEI permaneceu acima de 50 pontos, o que sinaliza confiança do empresário para os próximos meses. O indicador de Expectativas foi o responsável por esta diminuição de confiança, pois passou de 56,9 para 57,3 pontos neste trimestre.

Confira as pesquisas na íntegra nos links a seguir: (www.fieto.com.br) link Estudos e Pesquisas.

Post Anterior

Áudios: detentos explodem muro e tentam fugir da Casa de Prisão Provisória de Palmas;SSP diz que situação foi normalizada

Próximo Post

Galeria dos campeões: pentacampeão e bicampeão da Meia Maratona do Tocantins revelam preparação; inscrições terminam em novembro