Home»Destaque»No sul do estado motoqueiro causa pânico: estupros e ataques agressivos

No sul do estado motoqueiro causa pânico: estupros e ataques agressivos

Atualizada em: 04/11/2017 15:00

1
Compartilhamentos
Pinterest Google+

Texto: Josy Rodrigues, correspondente em Gurupi

Os moradores da cidade de Aliança do Tocantins, sul do estado, estão apavorados. Há mais de 20 dias um homem em uma motocicleta preta semelhante a uma Bros ou Tornado estaria circulando pela cidade e atacando pessoas. Conforme a Polícia Militar, o homem também realizou ataque em Gurupi.

Segundo o cartorário Soleney Naiva, morador de Aliança, na noite da última quinta-feira, 02, um motoqueiro suspeito foi visto novamente na cidade, e no sábado, 28, houve troca de tiros entre o suspeito e a polícia. “ Desde os primeiros relatos já são cerca de 30 dias, no início as pessoas achavam que era boato, porém várias pessoas foram atacadas, inclusive duas crianças estupradas, estão todos em pânico”, relatou.

Em Gurupi, na noite da última segunda (30), uma mulher de 39 anos foi abordada, quando saía do trabalho. Um indivíduo em uma moto e armado, teria levado a mulher a força para uma construção abandonada e cometido estupro, fugindo em seguida.

Primeiros registros de ataques

O Portal Orla Notícias conversou por telefone com uma das vítimas de Aliança do Tocantins, G.R, que está apavorada e prefere não ser identificada. Há cerca de 15 dias, por volta das 22h00 de sábado (21) ela retornava do Pronto Atendimento da cidade quando teria sido seguida por um motoqueiro alto, de pele clara, aparentando idade entre 20 e 30 anos.

“Eu estava de bicicleta e quando percebi que estava sendo seguida, tentei ir mais rápido porém ele me alcançou e me empurrou com a moto me derrubando no chão. Eu disse que não tinha dinheiro, mas vi que ele estava com uma arma de fogo e algo que parecia uma faca, então dei meu celular, em seguida ele desceu da moto e começou a me agredir, eu gritei e ele fugiu”, relatou.

Segundo G.R outra jovem foi atacada uma semana antes, também numa noite de sábado. O homem teria usado a mesma abordagem, entretanto após roubar o celular obrigou a jovem a subir na moto. “Com uma mão ele pilotava, enquanto segurava a mão dela com a outra, ao chegar em um quebra-molas ele teve que soltá-la, foi quando ela pulou, correu e entrou em uma casa”.

Segundo os relatos, várias pessoas já viram um homem com as mesmas características, fazendo “rondas” pela cidade e tentando atacar as pessoas.

A polícia confirma os ataques e está investigando o caso e alerta os moradores de Gurupi, Aliança e cidades vizinhas para ficarem atentos e tomarem cuidado.

Post Anterior

PM registra tentativa de homicídio em Araguaína

Próximo Post

Em Araguaína, homem é preso depois de ser rendido por populares