0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 01/06/2022 07:02

O presidente Jair Bolsonaro (PL) e o ex-presidente Lula (PT) estudam a possibilidade de não comparecer aos debates do primeiro turno das eleições deste ano. Os dois lideram as pesquisas eleitorais com larga vantagem sobre os demais candidatos e são os mais cotados para avançar para o segundo turno.

Nesta terça-feira (31), Bolsonaro afirmou, em entrevista à rádio Massa FM, que ainda está analisando a possibilidade de comparecer aos debates do primeiro turno. Segundo o presidente, ele pode acabar virando alvo de “pancada” dos demais candidatos.

Bolsonaro, no entanto, disse que a participação nos debates do segundo turno está garantida.

“Do segundo turno vou participar. Do primeiro turno a gente pensa. […] Os outros dez candidatos vão querer dar pancada em mim. Vamos analisar isso aí. As perguntas tinham que ser alinhadas com quem realiza o debate para evitar baixar o nível.”

O ex-presidente Lula (PT) não deve participar de debates no primeiro turno caso Bolsonaro não esteja presente.

No começo do ano, o petista havia defendido a adoção de um modelo de debate eleitoral semelhante ao que ocorre nos Estados Unidos, reunido diversos veículos de imprensa em um único debate. Em janeiro, durante entrevista a uma emissora de rádio do Pará, o petista sugeriu que fossem realizados “dois ou três debates”.

“Eu acho que tem que ter um pool de TVs para fazer dois ou três debates, porque não dá para atender cada TV, rádio, rede social, se não a gente se tranca no estúdio. Os debates são importantes para que a sociedade possa fazer a avaliação de que tipo de candidato ela deseja”, afirmou.

Até o momento, pelo menos nove debates estão previstos por veículos de imprensa só no primeiro turno.

Post Anterior

Nova CNH passa a ser emitida nesta quarta-feira (1º); veja o que muda

Próximo Post

União Brasil precisa “entrar em campo”, diz Bivar ao lançar pré-candidatura

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.