0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 13/05/2022 13:09

O pré-candidato ao Senado de Ataídes Oliveria, presidente estadual do PROS, esteve no final da tarde desta quinta-feira, 12, visitando a Agrotins. Caminhando pelos estandes e conversando com visitantes e empresários, Ataídes reforçou que o caminho para o desenvolvimento do Estado é a agroindústria. 
“Nos últimos dez anos, o PIB agropecuário do Tocantins cresceu mais de 200%. Essa é a vocação do Estado. Agora precisamos agregar valor a essa produção para fortalecer a economia. Isso acontece quando se incentiva a indústria da transformação. O progresso do Tocantins passa necessariamente pela industrialização da produção agropecuária. É dessa forma que vamos gerar mais emprego e aumentar a renda do trabalhador tocantinense”, defendeu Ataídes. 
Em 2020, o setor agropecuário respondeu por 20,6% do total do PIB do Estado, um percentual bem maior que o do Brasil, que foi de 5%, segundo estudo divulgado pela Federação das Indústrias do Estado do Tocantins (FIETO). Além disso, a agropecuária foi responsável por 8,6% dos empregos gerados no Tocantins em 2020. Uma demonstração do potencial do setor na geração de postos de trabalho e na consolidação da economia. 
Um dos pilares de todo o trabalho desenvolvido por Ataídes é a geração de emprego no Tocantins. Como empresário há mais de 30 anos do ramo da construção civil, de veículos e consórcio, Ataídes já gerou cerca de 70 mil empregos diretos no Tocantins e em outros estados do Brasil e sabe da importância social e econômica do emprego. 
“Cerca de 30% da população do nosso Tocantins vive em situação de pobreza, resultado da falta de emprego e renda para nossa população. Isso precisa mudar e um caminho é incentivar a agroindústria, dando condições para o setor se expandir e se fortalecer”, reforçou Ataídes.
Post Anterior

Blogueiras golpistas presas no Rio ostentavam vida de luxo na internet

Próximo Post

Governo Bolsonaro vai ao STF para obrigar estados a reduzir valor do ICMS

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *