0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 04/07/2022 17:54

O Ministério Público junto ao Tribunal de Contas da União (MP-TCU) pediu que o tribunal de contas investigue a PEC kamikaze, aprovada no Senado na semana passada e que permite R$ 41,2 bilhões em gastos pelo governo federal, a três meses da eleição. O texto deve ser votado ainda essa semana pela Câmara.

O pedido do Ministério Público é para que o tribunal intervenha com estudos completos sobre quem, quantos e onde estão as pessoas e famílias atendidos pela série de benefícios planejados pelo governo, como vale-diesel para caminhoneiros, vale-combustível para taxistas e a ampliação do Auxílio Brasil para R$ 600.

“O TCU deve examinar desde já a compatibilidade dos atos de gestão que vierem a ser praticados para a realização das despesas previstas na PEC kamikaze com o teto de gastos e a Lei de Reponsabilidade Fiscal”, disse.

Post Anterior

Vidal assina contrato com Flamengo e já tem data para desembarcar

Próximo Post

Internet 5G chega nesta quarta-feira a Brasília, 1ª cidade a receber tecnologia