0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 08/04/2020 18:24

As primeiras ações do movimento Energia do Bem, criado pela Energisa para ajudar no combate à pandemia de Covid-19, já estão acontecendo no Tocantins.

A empresa disponibilizou o caminhão Nossa Energia – programa de eficiência energética da Energisa – para auxiliar a Secretaria de Saúde do Tocantins na vacinação da população, principalmente dos municípios mais pequenos, evitando mais aglomerações nas Unidades de Pronto-Atendimento e Postos de Saúde e direcionando para atendimentos de urgência. 

A Energisa ainda deixou o seu corpo técnico à disposição do Governo do Estado para novos alinhamentos e estudos, caso surjam demandas de ampliação de carga de energia de alguma unidade de saúde. A empresa está empenhada e seguirá em contato com a Secretaria de Saúde para analisar e agilizar as ações que forem necessárias para o combate à pandemia.

Por fim, a concessionária de Energia também firmou parceria com a Polícia Militar do Tocantins para implementar mais uma ferramenta na orientação e fiscalização das ações de combate à pandemia do conoravírus. Agora a PM conta com a tecnologia do drone para observar e orientar o cidadão no cumprimento das normas para garantir a segurança da população.

“Assumimos esse compromisso com a população e o Governo do Tocantins com a intenção de ajudar a salvar vidas, isso que é o mais importante. Neste momento, nós, da Energisa, estamos juntos com a sociedade. E vamos ajudar no que for possível, com ações de responsabilidade social”, afirma o diretor-presidente da Energisa Tocantins, Marcio Zidan.

Ações em outros estados

O Grupo Energisa criou o Energia do Bem para viabilizar ações emergenciais que ajudem a superar a crise humanitária provocada pela doença. Trata-se de uma rede de atuação orgânica, que já reúne 13 parceiros, envolvidos em iniciativas que incluem obras elétricas em unidades públicas de saúde e captação de recursos para assistência a idosos. Também foi criado o portal Energia do Bem (www.movimentoenergiadobem.com.br), com informações confiáveis sobre a doença e conteúdo para reduzir os impactos do isolamento social.

O Grupo Energisa investirá R$ 5 milhões no movimento em todos os estados onde atua. Os recursos serão aplicados em diversas frentes mapeadas junto ao poder público local. “O foco é sempre em ações orgânicas e dinâmicas, mas articuladas com as necessidades do poder público em cada localidade”, afirma a Vice-Presidente de Gente e Gestão do Grupo Energisa, Daniele Salomão.

Entre os parceiros envolvidos no movimento estão Confederação Nacional da Indústria (CNI), IEL – Instituto Euvaldo Lodi, Sesi/Senai e Agência de Desenvolvimento do Polo Audiovisual da Zona da Mata (MG) e Evoé. A Unesco fará uma curadoria de conteúdos educativos para o portal.

Post Anterior

Secretaria de Estado da Saúde confirma novos casos confirmados de coronavírus; TO sobe para 23

Próximo Post

Voluntários se unem e doam 60 litros de álcool em gel e 15 mil luvas cirúrgicas ao Corpo de Bombeiros