0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 02/04/2020 15:26

Com a medida, que atende a uma recomendação da Defensoria Pública do Estado (DPE), os 250 mototaxistas da Capital podem exercer atividades com moto frete/delivery de bens e mercadorias enquanto durarem os efeitos dos decretos municipais editados por ocasião da pandemia.

A Prefeitura de Palmas concedeu permissão aos mototaxistas cadastrados no município para realizarem serviços de moto frete e entregas.

Já as atividades de transporte individual estão suspensas enquanto durar o Decreto n° 1.856, de 14 de março de 2020. “Com a medida, mesmo com a suspensão das atividades do serviço de transporte individual de passageiros o setor poderá se manter financeiramente durante o isolamento social”, disse o secretário de Segurança e Mobilidade Urbana (Sesmu), Durval Junior. 

Post Anterior

Ex-prefeito de Palmas Raul Filho e da esposa são condenados por esquema criminoso envolvendo empresa responsável por limpeza e coleta de lixo

Próximo Post

Governo do Tocantins determina redução de despesas devido à crise do novo coronavírus