0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 11/05/2022 19:14

Alexandre de Moraes  aplicou nesta quarta-feira (11) uma nova multa ao deputado Daniel Silveira (PTB-RJ), de R$ 135 mil, por ele se recusar a usar tornozeleira eletrônica.

Segundo o ministro do STF, enquanto não houver análise pelo Supremo da constitucionalidade do indulto concedido por Jair Bolsonaro ao parlamentar, a ação penal contra ele prossegue normalmente, “inclusive no tocante à observância das medidas cautelares impostas ao réu”.

O novo valor deve-se à recusa de Silveira de usar o equipamento eletrônico por mais nove dias. Segundo Moraes, a decisão é relacionada ao “desrespeito às medidas cautelares fixadas, sem qualquer relação com a concessão do indulto [de Bolsonaro]”.

Post Anterior

Entidades entregam ao STF manifesto em defesa das eleições

Próximo Post

Por inflação, governo corta imposto de importação sobre 11 produtos