0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 15/09/2020 16:49

O argentino Lionel Messi conseguiu mais um feito em sua carreira. Em um ranking elaborado pela revista Forbes, que foi divulgado na noite de segunda-feira, o craque do Barcelona se tornou o segundo jogador de futebol a ultrapassar a marca da US$ 1 bilhão (cerca de R$ 5 bilhões) recebidos ao longo de sua vida futebolística, igualando marca obtida pelo português Cristiano Ronaldo.

Messi é o quarto atleta a atingir a quantia de US$ 1 bilhão de faturamento, depois do golfista americano Tiger Woods, do boxeador americano Floyd Mayweather e de Cristiano Ronaldo. O “clube” também conta com o ex-jogador de basquete Michael Jordan. Porém, o americano alcançou a marca bilionária depois de encerrar a carreira esportiva graças a um contrato com a Nike.

De acordo com a Forbes, Messi chegou a essa marca depois de se tornar o jogador de futebol mais bem pago do mundo em 2020. O argentino teve vencimentos anuais que chegaram a US$ 126 milhões (R$ 659 milhões pela cotação anual), sendo 92 milhões (R$ 481 milhões) em salário e 34 milhões (R$ 177 milhões) em contratos de patrocínio.

argentino Lionel Messi. Foto: Divulgação.

No ranking entre jogadores de futebol, Cristiano Ronaldo aparece na segunda colocação com USS 117 milhões (R$ 612 milhões) de faturamento, sendo US$ 70 milhões (R$ 366 milhões em salários), e o brasileiro Neymar ficou em terceiro com US$ 96 milhões (R$ 502 milhões), sendo US$ 78 milhões (R$ 408 milhões) de salários.

O quarto lugar é ocupado pelo atacante francês Kylian Mbappé, de apenas 21 anos, com US$ 42 milhões (R$ 219 milhões), sendo US$ 28 milhões (R$ 146 milhões) em salário.

De acordo com a Forbes, os 10 primeiros atletas da lista somam faturamento de US$ 570 milhões (R$ 2,98 bilhões), em um aumento de 11% na comparação com 2019, apesar das consequências da pandemia do novo coronavírus na economia e nas competições esportivas.

A publicação explicou que apurou os números em contato com agentes de jogadores, patrocinadores comerciais e especialistas em futebol nos Estados Unidos e na Europa. Os valores não incluem impostos. Fonte: Forbes/Esporte ao minuto

Post Anterior

Bolsonaro diz que não terá tabelamento para frear aumento de preços

Próximo Post

Procon Municipal de Palmas divulga pesquisa de preço de 17 itens da cesta básica

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *