0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 15/07/2019 14:54

A prisão aconteceu na manhã desta segunda-feira, 15, em Araguaína, no Norte do Estado, um homem com iniciais Y. C. A. S, vulgarmente conhecido como “Dublê”. Ele é suspeito de participação no assassinato de um adolescente ocorrido na cidade, no dia 01 de abril.

Na ocasião, a vítima teria entrado na residência de um morador, que também foi baleado. De acordo com o delegado Guilherme Coutinho Torres, responsável pelas investigações, a motivação do homicídio do adolescente H. J. L. C, vulgo “Piva”, seria briga de facções criminosas rivais. Naquele dia, quatro homens foram identificados como executores do crime, além de um taxista, que teria colaborado, levando os suspeitos ao local do crime e mais sete colaboradores na ação. “Ao todo, 11 pessoas participaram do crime, sendo que 10 já foram indiciadas. Desse total, seis já estavam presas por outros crimes e, desde o início de julho, estamos efetuando as prisões dos envolvidos, chegando na décima pessoa presa nesta segunda-feira”, afirmou o delegado.

A participação dos sete suspeitos no delito deu-se, acordo com o delegado, através do fornecendo de dinheiro para o pagamento do taxista, munições, como também planejando a emboscada que vitimou o adolescente. “Eles organizaram de uma forma que cada um contribuiu com uma maneira. Teve suspeito que deu R$ 20,00 para pagar o traslado ao encontro com a vítima, outro marcou com o adolescente o encontro e os demais forneceram munição. Eles não tinham um veículo para realizar o crime, então contrataram um taxista para realizar a execução”, afirmou. Ainda de acordo com o delegado, uma última pessoa envolvida no assassinato ainda precisa ser identificada

Post Anterior

Energisa realiza troca de lâmpadas e cadastro de Tarifa Social em Palmas

Próximo Post

Educação tem nova gestora e Rogério Ramos assume Finanças do Município de Palmas