0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 09/01/2020 15:04

O ano de 2019 fechou com 467 ocorrências de acidentes de trânsito envolvendo postes da rede elétrica,  no Tocantins. Foram 38 a mais do que em 2018. A maior parte das colisões aconteceu nas áreas urbanas do estado: 325. Além da interrupção no fornecimento de energia, condutores, passageiros e pedestres correm riscos. 

De acordo com a concessionária de Energia do Tocantins, Energisa, a rede de distribuição é equipada com tecnologia de proteção para desativar o fornecimento de energia em caso de interferência nos cabos ou postes. No entanto, mesmo assim, é grande o risco quando uma colisão ocorre.

Além do impacto da batida, que pode ter grave consequências para os ocupantes dos veículos, pode haver contato de cabos energizados com o chão. Essa situação traz risco de choque elétrico, tanto para quem se acidentou, como para quem está nas proximidades.  

“Mais que o dano causado ao poste, a nossa preocupação é, principalmente, pela segurança das pessoas. Quando se bate em um poste, ele pode cair ao solo, pode atingir uma pessoa, pode atingir um carro, os cabos podem ficar energizados. São grandes os riscos. E junto com isso, teremos falta de energia momentânea que, dependendo do poste atingido, pode chegar a 20 mil pessoas afetadas”, alerta o coordenador de Saúde e Segurança da Energisa, Bruno Queiróz. 

Cuidados

Ao se envolver em um acidente com poste, ou estar próximo do local, é importante saber como reagir. “Ao se deparar com cabos no chão,independentesda situação, não se aproxime. Nós temos equipamentos de proteção que, nessas situações desligam o sistema, mas como a energia não é visível, não tem como saber se o cabo está ou não energizado. Então, entre imediatamente em contato com a Energisa e com o Corpo de Bombeiros”, reforça Bruno. 

Em caso de urgência envolvendo a rede elétrica, avise aEnergisa. O atendimento pode ser realizado pelo telefone 0800 721 3330,aplicativoEnergisaOn, redes sociais, sitewww.energisa.com.br ou peloWhatsApp, por meio de mensagem para aGisa, no número 63 9222-6664. 

 Em setembro de 2019, a Energisa lançou a campanha “Poste é Luz”, que apresentou diferentes conteúdos para abordar o tema com a população. Além de reforçar a preocupação com a segurança, a ideia foi sensibilizar sobre princípios como cidadania e civilidade no trânsito.  

Post Anterior

Polícia Civil prende suspeitos pela prática de homicídio triplamente qualificado em Nova Olinda

Próximo Post

Lei que obriga postos de coleta de lâmpadas em comércio é sancionada na Capital