0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 30/04/2020 15:08

A ação que teve  início em 21 de março já atendeu, até o momento, mais de 30 mil famílias dos 139 munícipios. O objetivo é distribuir cerca de 200 mil cestas básicas às famílias mais afetadas pela crise no Estado. A ação está sendo realizada com recursos do  Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza FECOEP-TO.

“Já concluímos a primeira etapa da distribuição atendendo  idosos e famílias vulneráveis.  Semana passada demos início à segunda etapa que irá alcançar mototaxistas, garçons, pequenos lavradores, músicos, artesãos entre outros trabalhadores informais”, explica o secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social, (Setas) José Messias Araújo.

Em Palmas, trabalhadores ligados ao Sindicato dos Mototaxistas e Condutores de Veículos de Duas Rodas (Sindiciclo) já receberam 200 cestas básicas, a segunda entrega foi realizada nesta quarta-feira, 29. 

Esta semana, a estimativa é atender 5 mil famílias com 85 toneladas de alimentos não perecíveis. Nesta quarta e quinta-feira a distribuição das cestas básicas  atendeu os municípios de Gurupi, Porto Nacional, Campos Lindos, Goiatins, Palmeirante, Babaçulândia, Filadélfia e Barra do Ouro. A ação continua nos municípios de Taguatinga, Taipas, Ponte Alta, Novo Jardim, Rio da Conceição, Almas e Dianópolis.

Públicos atendidos

A entrega de cestas básicas começou pela população idosa dos 139 municípios, cadastrados no Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV). Mais de 10 mil idosos receberam os cuidados com alimentos e itens de higiene. 

Na 2ª remessa, estão sendo atendidos mototaxistas, artesãos e músicos que residem no Tocantins, grupos de trabalhadores autônomos, informais e famílias cadastradas no Serviço de Proteção e Atendimento Integral à Família (PAIF) e no Cadastro Único.

Além dos artesãos cadastrados pelo Sistema de Informações Cadastrais do Artesanato Brasileiro (Sicab) e os músicos registrados pela Ordem dos Músicos do Brasil (OMB) a entrega de cestas básicas, beneficia, ainda, profissionais que foram inseridos no cadastro após levantamento feito pelas secretarias de Cultura municipais.

Post Anterior

Live "Com Solidariedade O Show Nunca vai Parar", da dupla Marlon e Muriel, vai arrecadar doações à classe musical do Estado

Próximo Post

Gilmar Mendes nega pedido de Eduardo Bolsonaro para barrar CPMI da Fake News