0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 22/01/2022 11:05

O presidente Jair Bolsonaro (PL) perderia ¼ dos votos que o elegeram no 2º turno de 2018 para os adversários Lula (PT) e Sergio Moro (Podemos), se as eleições fossem agora. O dado é de pesquisa PoderData realizada de 16 a 18 de janeiro de 2022.

Para chegar a esta informação, o PoderData questionou aos entrevistados sobre quem escolheram no 2º turno disputado por Bolsonaro com o petista Fernando Haddad e cruzou as respostas com as intenções de voto para o 1º turno de 2022.

O levantamento descobriu que o presidente retém 58% dos votos que o elegeram. São 35% os que atualmente preferem outro candidato Lula e Moro são os que herdam as maiores fatias, com 12% cada 1. Há também 7% de bolsonaristas de 2018 que hoje preferem votar em branco, nulo ou que dizem estar em dúvida.

A pesquisa PoderData, divisão de estudos estatísticos do Poder360, foi realizada em parceria editorial com o Grupo Bandeirantes no período de 16 a 18 de janeiro de 2022. Foram 3.000 entrevistas em 511 municípios das 27 unidades da Federação.

Para chegar a 3.000 entrevistas que preencham proporcionalmente (conforme aparecem na sociedade) os grupos por sexo, idade, renda, escolaridade e localização geográfica, o PoderData faz dezenas de milhares de telefonemas. Muitas vezes, mais de 100 mil ligações até que sejam encontrados os entrevistados que representem de forma fiel o conjunto da população.

A margem de erro é de 2 pontos percentuais, para mais ou para menos. Saiba mais sobre a metodologia lendo este texto.

PoderData também cruzou os dados sobre voto em 2018 com a avaliação do trabalho de Bolsonaro. 

Post Anterior

Depois de Guedes, Lula e Ciro querem sobretaxar grandes fortunas

Próximo Post

Eleições 2022: CNN, Band, RedeTV e Jovem Pan agendam debates