0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 19/05/2021 16:30

O ex-presidente Lula (PT) fez, nesta quarta-feira, 19, uma série de comentários sobre suas movimentações políticas visando as eleições presidenciais de 2022.

Em sua conta no Twitter, afagou os políticos do chamado Centrão e elogiou entrevista em que o Fernando Henrique Cardoso (PSDB) votaria nele no pleito do ano que vem.

 “A imprensa nos induz ao erro quando diz que o Centrão está todo com o Bolsonaro. Não tratem o centrão como um partido único. Ao apagar as luzes da Câmara dos Deputados, cada partido tem interesse no seu estado. Vamos conversar individualmente com cada partido político”, escreveu.

“Eu gostei da entrevista do FHC. Sempre tivemos uma disputa civilizada. Ele me conhece bem, conhece o Bolsonaro. Fico feliz que ele tenha dito que votaria em mim e eu faria o mesmo se fosse o contrário. Ele sempre foi um intelectual e sabe que não dá pra inventar uma candidatura”, disse Lula.

O ex-presidente também comentou as recentes críticas feitas a ele por seu ex-ministro Ciro Gomes (PDT).

“Eu adoraria dizer que o Ciro é um amigo. Mas infelizmente ele não quer. Mas eu aprendi uma teoria com a minha mãe Dona Lindu: quando um não quer, dois não brigam. Não farei jogo rasteiro”, declarou.

Lula anunciou ainda que, na semana que vem, deve fazer novas reuniões políticas. Desta vez, os encontros serão com representantes de movimentos sociais, do movimento sindical e intelectuais.

“Semana passada em Brasília falei com mais de 60 políticos, de vários partidos. Semana que vem vou conversar com os movimentos sociais, intelectuais e com o movimento sindical. Quero conversar muito. Quem faz política conversa. Dono da verdade, carrancudo, não serve pra política”, afirmou.

O petista ainda negou que tenha definido quem será seu vice na chapa para as eleições de 2022. Nos últimos dias, o empresário Josué Alencar foi citado como favorito à vaga. Nesta 4ª feira (19.mai), o filho de José Alencar, ex-vice presidente da República no 2 primeiros mandato de Lula, também refutou a hipótese.

Josué é candidato a presidente da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo), na disputa marcada para 5 de julho de 2021, concorrendo em chapa única e com o apoio do atual chefe da entidade, Paulo Skaf. O vice de Josué na chapa da Fiesp é o empresário Rafael Cervone Netto, ligado ao setor têxtil.

“BOLSONARO IMITA TRUMP”

O presidente Jair Bolsonaro também foi alvo de comentários de Lula. O petista disse que o atual mandatário tenta “imitar” o ex-presidente norte-americano Donald Trump ao insinuar a possiblidade de fraude eleitoral em 2022.

“O Bolsonaro tá querendo imitar o Trump de novo… Dizendo que se não tiver voto impresso vai ter fraude eleitoral. Fraude eleitoral foi a eleição dele, que me prenderam pra eu não ser candidato, e ainda ganharam na base da fake news”, escreveu Lula.

Post Anterior

Pazuello diz que não foi orientado a indicar tratamento precoce

Próximo Post

Licitação da 2ª etapa de obras financiadas pelo CAF será aberta no próximo dia 31 em Palmas