0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 04/12/2019 15:20

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu nesta última terça-feira, 03, reconhecer assinaturas eletrônicas para formalizar a criação de partidos políticos. A decisão pode ter impacto na criação Aliança pelo Brasil, novo partido do presidente Jair Bolsonaro, que pretende agilizar o processo de obtenção de registro do partido por meio de certificados digitais.

Apesar da decisão, não há prazo para que a Justiça Eleitoral possa criar aplicativos e programas de computador para efetivar a decisão, que ainda precisará ser regulamentada para passar a ter validade. Segundo a presidente do TSE, Rosa Weber, as soluções não estarão prontas para as eleições municipais de 2020.

Por 4 votos a 3, o tribunal seguiu o voto do relator Luís Felipe Salomão. Segundo o ministro, o setor técnico do tribunal informou que há viabilidade técnica para desenvolver os aplicativos necessários para implementar a medida. Salomão também afirmou que o uso da assinatura digital trará mais confiança na conferência, que é feita manualmente pela Justiça Eleitoral. O voto foi acompanhado pelos ministros Tarcísio Vieira, Sérgio Banhos e Luís Roberto Barroso.      

Post Anterior

Horário eleitoral gratuito segue extinto, Senado mantém veto presidencial

Próximo Post

Balé do SESI irá apresentar espetáculo "Alice no País das Maravilhas" em Gurupi

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *