0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 07/10/2020 15:14

Ao todo, 87 emendas foram apresentadas para modificações ao projeto original do Executivo à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) 2021, na Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto).

O prazo de 15 dias úteis para a análise do relator – o deputado estadual Issam Saado (PV) – começa a partir desta terça-feira, 6, e se estende até o dia 27 de outubro (devido aos feriados estaduais).

Os Eixos que mais receberam emendas aditivas e modificativas foram os de Desenvolvimento Regional Urbano e Indústria, no que diz respeito a pavimentação e recuperação de rodovias estaduais e, ainda, o da Saúde, no que tange a ampliação de leitos hospitalares em geral e também ações de combate ao Coronavírus (Covid-19).

Todos os seis eixos receberam emendas. Além dos citados acima, há emendas ao Eixo 1: Segurança e Direitos Humanos; Eixo 3: Desenvolvimento Agropecuário e Meio Ambiente; Eixo 4: Gestão Pública e, por fim, Eixo 6: Educação e Cultura.

“Vamos começar a analisar as emendas apresentadas pelos parlamentares com a devida atenção e respeitando os prazos. Acredito que todas as matérias foram colocadas pensando no bem estar da população tocantinense e além disso, acredito também que todo o Legislativo está sensível com às necessidades mais urgentes do Estado, depois de um ano atípico como está sendo 2020”, explicou Issam Saado. O Projeto de Lei do Governo prevê diretrizes para o orçamento em 2021 no valor de R$ 10.9 bilhões.

 

Post Anterior

SES alerta para cuidados com saúde diante das ondas de calor que serão mais intensas nos próximos dias

Próximo Post

Veja a ordem e o tempo de TV e Rádio dos candidatos a prefeito em Palmas

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *