0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 18/10/2021 14:17

Um caminhão carregado de lixo de todo tipo e o ambiente no entorno do reservatório da Usina Luís Eduardo Magalhães, em Palmas, mais agradável. Esses foram alguns dos resultados da execução do Projeto Lago Limpo, idealizado pelo Corpo de Bombeiros Militar em conjunto com vários parceiros. A ação ocorreu sábado, 16, pela manhã.

O trabalho reuniu mais de cem voluntários, que durante cerca de cinco horas, se dividiram na coleta de lixo e alguns entulhos nas Praias da Graciosa, Arnos e Prata, aterro de acesso à Ponte da Amizade, Ilha do Paulo e, por meio de mergulhos subaquáticos debaixo da ponte e em outros pontos.

Além de deixar um ambiente mais limpo, o Projeto Lago Limpo retirou dessas localidades mais de uma tonelada de todo tipo de lixo. Um caminhão carregado com pneus, latas de alumínio, plásticos, cadeiras e até uma bicicleta foram retirados das praias e da água.

“Foi muito satisfatório o resultado dessa ação, que mostra para a sociedade como é preocupante a questão de lixo no Lago. Ainda não terminamos a retirada do que está submerso e por isso vamos continuar com as ações em outras oportunidades até conseguir acabar com ele”, destacou o major Rafael Menezes, comandante da Companhia de Busca e Salvamento (CIBS), que encabeçou os trabalhos com oito mergulhadores e um total de 17 militares no mutirão.

O major reforçou que a ação visa a conscientização da população, turistas e banhistas a não jogar lixo no lago e nas praias, mantendo as águas limpas e adequadas para uso, sempre. “Vamos mostrar o que está sendo retirado, pois o impacto é grande e o que pedimos é que todos que usam o lago se reeduquem e parem com a prática de descartar as coisas no Lago”, completou Menezes.

Enquanto os mergulhadores estavam no fundo do lago, diversos ciclistas passavam pela Praia do Prata e Arnos realizando a coleta. Na Graciosa, o mutirão contou com dezenas de voluntários da Energisa, parceira do Projeto Lago Limpo.

“A Energisa ficou muito feliz em participar desse evento, por entender que o papel dela no Tocantins vai além de distribuir energia. Temos também como objetivo o desenvolvimento sustentável no Estado, com a melhoria da qualidade de vida da população. No Projeto Lago Limpo nós estivemos com 50 voluntários e, tão importante quanto recolher o lixo, foi o recado que ficou para a população, para cuidar do Lago, que todos utilizam e deve ser bem cuidado”, disse Leandro Fernandes, gerente de Gestão e Projetos da concessionária.

No Aterro de acesso à Ponte da amizade, a limpeza foi executada por cerca de trinta alunos do Colégio Militar “Margarida Lemos Gonçalves” (Do Corpo de Bombeiros Militar).

Post Anterior

Taxistas de Gurupi devem fazer verificação dos taxímetros a partir desta terça-feira

Próximo Post

Inscrições para audiências públicas sobre concessão dos serviços turísticos do Parque Estadual do Jalapão encerram nesta terça-feira, 19