0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 29/04/2021 19:01

O ministro da Defesa, Braga Netto, disse nesta quinta-feira, 29, que as Forças Armadas não vão agir para fazer valer quarentenas em municípios sem aprovação de operações do tipo GLO (Garantia da Lei e da Ordem).

Foto: Divulgação.

Kátia Abreu, presidindo a Comissão de Relações Exteriores do Senado, perguntou ao ministro: “Em caso do prefeito estiver com muita dificuldade, na capital Palmas, com muita dificuldade de fazer cumprir a não-aglomeração, nesse caso o batalhão local pode ser solicitado ou não?”.

Braga Netto respondeu: “Negativo. Isso aí está previsto na legislação de GLO. Isso aí tem que ter todo um segmento para emprego de tropa. As tropas, as Forças Armadas, só são empregadas com o respaldo jurídico necessário”.

Pouco antes, o ministro havia dito aos senadores da comissão: “A questão do lockdown é simplesmente: nós cumprimos o que está previsto na Constituição. Ponto. Simples assim. Aquilo que for feito por qualquer pessoa fora da Constituição, qualquer autoridade, as Forças Armadas estão pautadas pela Constituição. Dentro daquelas quatro linhas de campo que estão definidas ali para nós jogarmos”.

Post Anterior

Confiança da indústria atinge menor nível desde agosto

Próximo Post

Brasil atinge marca de 400 mil mortos por Covid

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *