0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 12/02/2020 16:49

Bruno Teixeira Alves, de 36 anos, teve prisão revogada nesta quarta-feira, 12, por volta das 14h51. A Justiça aceitou o pedido da defesa de Bruno Teixeira que pediu a revogação da prisão preventiva dele. Bruno é apontado pela Polícia Civil como suspeito de mandar matar o empresário, Elvisley Costa de Lima. 

A decisão ressalta que embora “inequívoca a existência do crime, bem como demonstrado fortes indícios de que o representado participou do crime de homicídio qualificado em questão, o ora requerente se apresentou espontaneamente a autoridade judiciária, bem como disponibilizou documentação pessoal, inclusive passaporte, demonstrando que pretende colaborar com a justiça “, diz a decisão.

Na decisão, consta que o Ministério Público se manifestou pelo indeferimento do pedido de revogação de prisão, argumentando que a prisão é imprescindível para as investigações. 

A decisão também destaca que “por outro lado, esclareço que havendo nova demonstração, concreta, da imprescindibilidade da prisão temporária às investigações, poderá ser decretada novamente a
prisão do investigado”, diz a decisão. 

Ao Orla Notícias o advogado de Bruno, Leandro Manzano, disse que entrou com pedido de revogação da prisão na última segunda-feira, 10. ” Foram feitas busca e apreensão na residência do Bruno em Palmas e Goiânia. Ele estava em viagem com a família e foi informado sobre a decisão pelo caseiro. Na última segunda-feira, 10, protocolamos o pedido de apresentação do Bruno perante  Juízo. No mesmo dia do protocolo, foi ajustado a apresentação do Bruno no dia 12/02/2020, às
14h.
No pedido de revogação, apontamos que Bruno não tem mínima relação com o crime, na verdade correu um risco eminente de ser vítima de homicídio, já que estava ao lado da vítima”, argumenta. 

O crime

O crime aconteceu na avenida Palmas Brasil. Foto: Divulgação.

O empresário Elvisley Costa de Lima foi morto no dia 24 de janeiro na Avenida Palmas Brasil, região sul de Palmas, dentro do próprio carro quando saía de uma panificadora. 

Homem é morto a tiros na avenida Palmas Brasil; Polícia faz buscas

Post Anterior

Mais de 109 mil famílias do Tocantins já podem sacar o Bolsa Família 

Próximo Post

Só pode ser de Deus mesmo! Por Lissânder Dias