0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 31/07/2022 19:06

Oficiais da Justiça não conseguem encontrar o ex-piloto de Fórmula 1 Nelson Piquet (foto) para notificá-lo sobre o processo em que ele é acusado de racismo por ter chamado Lewis Hamilton de “neguinho”, diz a Veja.

Apenas depois de citado é que se abrirá prazo de 15 dias para que Nelson Piquet apresente uma eventual contestação.

“O neguinho [Lewis Hamilton] meteu o carro e não deixou [desviar]. O Senna não fez isso. O Senna saiu reto. O neguinho meteu o carro e não deixou [Verstappen desviar]”, afirmou.

No comentário, ele comparava os acidentes envolvendo Ayrton Senna e Alain Prost, em 1990, na largada do GP do Japão, e o que ocorreu 31 anos depois, no GP da Inglaterra.

Post Anterior

O repúdio a Bolsonaro entre os eleitores de Simone Tebet

Próximo Post

Luciano Bivar desiste de candidatura

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.