0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 25/07/2022 20:32

O juiz Luiz Régis Bomfim Filho, da 1ª Vara Federal de São Luís, determinou, nesta segunda-feira (25), que fosse solto o empresário Eduardo Costa, preso na semana passada sob acusação de fraude na estatal Codevasf.

Na decisão, Filho reconheceu o “papel de liderança” do empresário no esquema de fraude, mas afirmou que ele “não representa, por ora, perigo suficiente a viabilizar a decretação de prisão preventiva”.

O juiz estabeleceu uma fiança de R$ 121.000 e ordenou o uso de uma tornozeleira eletrônica. Segundo a defesa, Costa já está em liberdade.

A decisão contraria o MPF, que havia pedido a prisão preventiva.

Post Anterior

Governo pede às estatais antecipação de dividendos

Próximo Post

Lula fará 1º comício de campanha no Vale do Anhangabaú

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.