0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 25/04/2019 16:18

A Justiça determinou à BRK Ambiental que providencie, em caráter liminar, o fornecimento de água potável à população do município de Dianópolis, a 340 km de Palmas. A Ação de Obrigação de Fazer Com Tutela de Urgência foi proposta pelo Núcleo Aplicado de Defesa das Minorias e Ações Coletivas de Dianópolis, em atuação conjunta com o Ministério Público Estadual (MPE-TO). 

A decisão estipula que o fornecimento de água deve ser feito por meio de caminhões-pipa, em caso de futuras interrupções injustificadas, principalmente por período superior a seis horas, em no mínimo uma central de distribuição por setor e nas escolas, hospitais e postos de saúde, sob pena de multa R$ 5 mil por local não atendido.

O Portal Orla Notícias destacou a ação movida pela Defensoria Pública do Tocantins (DPE-TO), no dia 9 deste mês. 

Ação civil pública pede que BRK Ambiental forneça água potável a moradores de Dianópolis

Falta de água em Dianópolis: BRK diz que ainda não foi notificada de ação civil

O Portal Orla Notícias solicitou posicionamento da BRK Ambiental, mas até o fechamento desta matéria não obteve resposta. 

Post Anterior

Dia Mundial da luta contra a Malária: Tocantins registra três casos da doença nos primeiros meses de 2019

Próximo Post

Cristiano Rodrigues é empossado presidente do Conselho Empresarial de Turismo da Fecomércio