0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 16/10/2020 15:15

O juiz da 2ª Zona Eleitoral, Nilson Afonso da Silva, negou nessa quinta-feira, 15, um pedido feito pela coligação do candidato Gutierres Torquato para obter direito de resposta e retirar do ar um vídeo em que Josi Nunes, candidata a prefeita de Gurupi pela Coligação Agora é a Hora, denuncia compra de votos por gasolina feita por adversários.

Conforme a sentença, o juiz afirmou que o vídeo “somente faz referência a doação de combustível para campanha e de forma genérica opina sobre a prática de compra de votos em troca de benefícios, tanto que em nenhum momento fez menção ao nome do candidato representante ou de sua coligação”.

No vídeo em questão, que foi divulgado nas redes sociais de Josi Nunes, a candidata alerta a população para os malefícios dessas práticas no processo eleitoral. “Chegou a hora de Gurupi dar um basta nessas velhas práticas políticas, e começar a construir um novo tempo em nossa cidade de honestidade de respeito e de compromisso com a população”.

Post Anterior

Pagamento do IPVA 2020 é prorrogado para 30 de outubro

Próximo Post

Candidato em Palmas, Fernandes da Guarda promete unir segurança e bem-estar social

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *