0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 13/03/2022 12:18

Um jornalista norte-americano foi morto em um ataque em Irpin, nos arredores de Kiev, neste domingo, 13. Segundo o chefe de polícia da capital ucraniana, Andrey Nebitov, a vítima é o repórter cinematográfico Brent Renaud, de 51 anos, baleado no pescoço quando as forças russas abriram fogo contra um carro perto de Irpin, segundo informações do The Guardian.

Renaud usava um crachá do New York Times, jornal para o qual já trabalhou, mas a publicação americana informou que ele não fazia mais parte do quadro de jornalistas da empresa.

Premiado documentarista de guerra, Renaud trabalhava com filmes sobre guerras havia duas décadas e recebeu o DuPont Award e o Peabody Award. Ele também participou de projetos para empresas de mídia como HBO, NBC, Discovery, PBS e Vice News, sobre países como Afeganistão, Iraque, Haiti e Estados Unidos.

“Estamos profundamente tristes ao saber da morte de Brent Renaud. Brent era um cineasta talentoso que contribuiu para o The New York Times ao longo dos anos. Embora ele tenha contribuído para o The Times no passado (mais recentemente em 2015), ele não foi designado para nenhuma cobertura do The Times na Ucrânia. Os primeiros relatos de que ele trabalhava para o Times circularam porque ele estava usando um crachá de imprensa do Times que havia sido emitido para uma tarefa há muitos anos”, informou o comunicado. Fonte Revista Oeste.

Post Anterior

Preços da venda de fertilizantes disparam

Próximo Post

“Uma das gasolinas mais baratas do mundo é a nossa”, diz Bolsonaro