0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 17/10/2020 13:17

Para fortalecer a retomada da economia pós-pandemia, a Prefeita de Palmas e candidata à reeleição, Cinthia Ribeiro (PSDB), não aumentará o valor do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) em 2021, além de retirar temporariamente taxas cobradas para a realização de eventos na cidade. “Os empresários e microempreendedores terão mais esse incentivo do poder público, pois defendo uma gestão pensada em atender as necessidades dos palmenses e suas famílias”, diz Cinthia.

Um dos maiores movimentos de justiça fiscal em Palmas foi realizado por Cinthia, ao colocar fim ao famigerado IPTU Progressivo. A cobrança era um verdadeiro convite ao confisco de imóveis, pois em alguns casos os valores acumulados do tributo poderiam se equiparar ao valor venal do imóvel. “Da forma feita anteriormente era um confisco aos bens das pessoas”, declara Cinthia ao informar que anualmente era acrescido 5% na alíquota do IPTU (originalmente de 2,5%) até o limite de 15%.

Foto: Divulgação.

“Nosso objetivo é combater vazios urbanos e combater a especulação imobiliária na cidade. Somado a tudo isso, também acabamos com a taxa de expedição de documento de arrecadação, usada para custear o envio dos carnês do IPTU aos contribuintes. Defendo uma gestão justa que não onere a população. Estamos provando que é possível administrar uma cidade com investimentos bem pensados e com retorno para todos”, conclui Cinthia.

Post Anterior

Via Lago chegará ao fundo do Unitpac”, afirma Wagner sobre ampliação da avenida

Próximo Post

Projeto do Governo do Tocantins de concessão do Parque Estadual do Jalapão é destaque em entrevista

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *