0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 20/07/2020 15:27

O presidente Jair Bolsonaro converteu em lei a medida provisória que reduziu à metade as contribuições que são recolhidas pelas empresas para financiar o ‘Sistema S’, mas vetou todo o artigo que estabelecia os termos da redução e o perıó do de duração do corte.

A Medida Provisória 932 foi editada em abril dentro das ações do governo para diminuir os custos para o empregador durante a crise do novo coronavírus .

O texto original previa um corte de 50%, por três meses, nos valores pagos pelas empresas a entidades do Sistema S (Senai, Sesi, Sesc, Sest, Sescoop, Senac, Senat e Senar). Com isso, a cobrança reduzida valeria de 1º de abril até o dia 30 de junho.

 O Congresso, porém, alterou a MP e decidiu restringir o corte aos meses de abril e maio. Pelo texto aprovado, em junho os valores das contribuições seriam restabelecidos. O governo não concordou e rejeitou a mudança.

Post Anterior

Reposição com preço recorde do bezerro

Próximo Post

Principal suspeito de homicídio de empresário na Palmas Brasil é preso no posto da PRF em Uruaçu