0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 29/04/2022 18:47

O Governador Wanderlei Barbosa assinou nesta sexta-feira, 29, o ato de nomeação dos últimos 54 candidatos aprovados no concurso público para provimentos de cargos do Sistema Socioeducativo da Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju). O ato que será publicado no Diário Oficial do Estado (DOE), edição desta sexta, e nomeia agentes socioeducativos em diversas áreas de atuação.

“Com esse ato, o direito de mais um grupo de aprovados, que por mérito alcançaram essa vitória, está garantido. Também é mais uma ação para reforçar a segurança dos tocantinenses e garantir que os servidores em atuação nas unidades socioeducativas não fiquem sobrecarregados. Todos prontos para começar a atuar”, afirmou o Governador.

O secretário da Seciju, Deusiano Amorim, destaca que este era um anseio dos aprovados e habilitados pelo curso de formação depois de oito anos de espera desde o começo do concurso. “Essa é mais uma ação do governador Wanderlei Barbosa em prol dos aprovados no concurso da Cidadania e Justiça. Com este ato, o Governo conclui o certame, tendo chamado todos os aprovados no concurso para o Sistema Socioeducativo, o que reforça a atuação dentro das unidades e a execução das medidas socioeducativas, assegurando todos os direitos dos socioeducandos, além de ampliar os projetos desenvolvidos pelas equipes dos centros e unidades”, frisou o secretário da Seciju, Deusiano Amorim.

Foram nomeados agentes socioeducativos especialistas em Odontologia, Nutrição, Educação Física, Direito, Psicologia, Pedagogia e Serviço Social. Além de agentes socioeducativos nos cargos de motoristas e técnicos em enfermagem. No cargo de agente de segurança socioeducativo são 21 nomeados no ato, sendo 13 homens e oito mulheres.

A nomeação ainda visa cessar o déficit de servidores responsáveis pela política socioeducativa, que estava ocasionando uma sobrecarga de trabalho dos servidores da linha de frente. Os candidatos convocados para a nomeação em categorias passaram pelo curso de formação e estão aptos para a posse e começo imediato de suas atribuições.

Certame

Os nomeados no ato foram aprovados no edital do concurso público para o provimento de vagas e cargo do quadro do Sistema Socioeducativo e do Sistema Penal da Cidadania e Justiça, lançado em abril de 2014. O edital foi publicado Diário Oficial do Estado (DOE) e a prova ocorreu em dezembro do mesmo ano.

O certame teve aproximadamente 42 mil inscritos e o Governo do Tocantins nomeou 1.718 aprovados, entre posse imediata e cadastro de reserva. São 1.185 policiais penais e agentes analistas em execução penal chamados e 533 servidores para os cargos de agente socioeducativo, agente de segurança socioeducativo e agente especialista socioeducativo.

Post Anterior

Fachin diz que Justiça Eleitoral “jamais” estará disponível para intervenção

Próximo Post

EDUARDO BOLSONARO É CONDENADO A PAGAR R$ 25 MIL A OMAR AZIZ