0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 18/05/2022 17:46

O governador do Tocantins, Wanderlei Barbosa, comemora o recebimento de R$ 77.993.515,40 da União. A verba é oriunda das licitações dos volumes excedentes da cessão onerosa do pré-sal, especificamente de dois blocos da Bacia de Santos – Sépia e Atapu, e da compensação da Lei das Exportações. A informação foi repassada nesta quarta-feira, 18, e está disponível na portaria conjunta da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustível (ANP) e da Secretaria do Tesouro Nacional.

Segundo informações da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz), o dinheiro entrará no cofre tocantinense em duas etapas: a primeira, de R$ 43.827.712,10 na próxima sexta-feira, dia 20, e a segunda, de R$ 34.165.803,30, na terça-feira, dia 24 de maio.

O governador Wanderlei Barbosa afirma que esse recurso vem em um bom momento e que vai gerar um ciclo positivo de desenvolvimento e progresso. “É um recurso que chega em boa hora e, como sempre, será aplicado conforme a previsão legal”, comemora o governador Wanderlei Barbosa.

Conforme a Lei n° 13.885, estados e Distrito Federal podem usar esse recurso exclusivamente para pagamento de despesas: previdenciárias do respectivo ente e de todas as pessoas jurídicas de direito público e privado integrantes de sua administração direta e indireta, ressalvadas as empresas estatais independentes, com: a) os fundos previdenciários de servidores públicos; b) as contribuições sociais de que tratam as alíneas a e c do parágrafo único do art. 11 da Lei n° 8.212, de 24 de julho de 1991, inclusive os decorrentes do descumprimento de obrigações acessórias e os de contribuições incidentes sobre o décimo terceiro salário; com investimento.

O leilão rendeu R$ 11,140 bilhões, dos quais 33% serão distribuídos entre estados, municípios e Distrito Federal. Além desse percentual, mais R$ 4 bilhões serão divididos entre os entes da federação, conforme previsto no § 4° do art. 1° da Lei 13.855, de 17 de outubro de 2019 (Incluído pela Lei Complementar n° 176, de 2020).

Todos os municípios tocantinenses também receberão, nas mesmas datas, fatias da arrecadação do leilão e Lei de Compensação das exportações, somando entre eles, R$ 5.837.620,11.

Post Anterior

O que é a varíola do macaco, doença que deixa países europeus em alerta

Próximo Post

Polícia Civil desarticula esquema ilegal de rifas de sorteios, criado em rede social de notícias de Palmas com mais de 30 mil seguidores