0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 16/03/2022 10:57

O Governo do Tocantins, por meio do Instituto de Desenvolvimento Rural do Tocantins (Ruraltins) e da Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), em parceria com a empresa Yara Brasil, promoveram nessa terça-feira, 15, um Giro Técnico sobre a cultura da soja e milho. O encontro ocorreu no Centro de Treinamento e Capacitação em Tecnologia Agropecuária e Extensão Rural (CTC Agro), que integra o Complexo de Ciências Agrárias (CCA) da Unitins, em Palmas.

Direcionado aos técnicos, no período da manhã, e aos produtores à tarde, o encontro teve como finalidade apresentar novas tecnologias do mercado voltadas ao plantio e as particularidades dessas culturas; visando o custo benefício e a alta produtividade dos grãos.

Na abertura, o vice-presidente do Ruraltins, José Aníbal Lamattina destacou a importância desse trabalho integrado envolvendo o tripé Pesquisa, Extensão Rural e Iniciativa Privada. “Como estado forte do agronegócio, nós do Ruraltins, órgão prestador de assistência técnica e extensão rural, entendemos e buscamos essa integração para fortalecer e promover a agro desenvolvimento agrícola e pecuário do Tocantins”.

Conduzidos pelo gerente de Agricultura do Ruraltins, Edmilson Rodrigues, os participantes tiveram orientações sobre o manejo utilizado nas áreas de cultivos da soja e do milho; manejos Nutricionais; e no milho, o manejo químico no combate da Cigarrinha.

Para o zootecnista do Ruraltins, Victor Hugo de Oliveira, que atende por meio de convênio de assistência técnica e extensão rural para médios produtores tocantinenses em culturas anuais, como também as cadeias de fruticultura e pecuária, o evento vem ao encontro das necessidades encontradas em campo.

“Por se tratar de um Dia Técnico, a realidade da produção tanto da soja quanto do milho está sendo vista com muita concordância por parte dos técnicos, com o que eles vem desenvolvendo no dia a dia. Aqui a empresa Yara, em parceria com o Ruraltins, está demonstrando diretamente os produtos, e como é feita a atuação deles no manejo e na condução dos plantios, e isso é muito importante para que possamos comparar a situação apresentada com o que está sendo feito junto aos produtores no campo”, avaliou o extensionista.

A parceria com a Yara Brasil foi firmada no ano passado com o desenvolvimento de alguns protocolos de pesquisa no Campus da Unitins.  A especialista em desenvolvimento de mercado da Yara Brasil, Tatiane Bonaldo, foi uma das palestrantes e explicou o trabalho que está sendo feito em parceria com o Ruraltins e a Unitins.

“Aqui a gente está testando alguns dos nossos produtos que possui maior tecnologia de mercado para mostrar para os produtores e para os extensionistas a importância de se investir em produtos com alta tecnologia, produtos eficientes, e ser eficiente tanto na aplicação quanto no manejo, levando em conta a questão de ser fazer análise de solo para fazer a recomendação. Precisamos ser muito eficientes nesse ramo hoje e saber o manejo utilizado, a dosagem correta, a época correta de aplicação, e foi isso que a gente desenvolveu ao longo do tempo na cultura do milho e da soja. Hoje conseguimos reunir os extensionistas na parte da manhã e os produtores na parte da tarde para mostrar o que a Yara Brasil tem, e como ela trabalha, estreitando a parceria com o Ruraltins, com a Unitins, e trazendo isso no campo para o produtor. Foi mostrado como a gente adere às novas tecnologias, como que a gente entrega isso, porque às vezes o produtor fica muito em dúvida em relação a custo, mas ter conhecimento dessa tecnologia e entender melhor esse posicionamento, como posicionar campo, é mais eficiente. Ele vai entender que há um custo benefício altíssimo e que no final ele vai poder alavancar em altas produtividades”, explicou.

Post Anterior

Governador Wanderlei Barbosa abre primeira edição do Fórum de Desenvolvimento Econômico na região do Bico do Papagaio nesta quinta-feira

Próximo Post

Podemos filia deputado Tiago Dimas nesta quarta-feira (16)