0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 09/03/2022 21:39

O Governo do Estado do Tocantins através da Assessoria de Participações Sociais e Políticas de Governo iniciou nesta quarta-feira, 9, as tratativas para viabilizar a vinda da Escola de Economia Criativa CO.Liga ao Estado do Tocantins. A ação visa atender os 139 municípios e tem como publico alvo jovens de 15 a 29 anos que querem acessar o mercado de trabalho através de profissões vinculadas a economia criativa.
Participaram da reunião o Secretário de Estado da Educação, Fabio Vaz, o Secretário de Participações Sociais e Políticas de Governo, Marcos Milhomens, o Secretário Geral do Conselho Nacional da Juventude do Governo Federal, Gustavo Gama e o Diretor Executivo Agencia Besouro de Fomento Social, Vitor Rocha.

O que é a Co.Liga?
A Co.liga é uma iniciativa da Organização dos Estados Iberos Americanos com Fundação Roberto Marinho, em parceria com o Conselho Nacional da Juventude e vai oferecer cursos gratuitos em áreas como Design, Artes Visuais e Música, com foco em jovens das classes C, D e E, o objetivo é unir a formação dos jovens estudantes a oportunidades de trabalho.
Inicialmente são oferecidos 37 cursos livres de curta duração segmentados em cinco áreas da Economia Criativa – Patrimônio, Música, Multimídia, Design e Artes Visuais – e temas transversais que dão suporte à trajetória dos jovens, como empreendedorismo, línguas, cidadania e elaboração de projetos culturais. Entre as opções segmentais, estão desde fotografia, design para web e roteiro audiovisual até turismo para cidades criativas, passando por produção musical, produção de infográficos e muitos outros. Todos os cursos são online e gratuitos: cada estudante escolhe sua trajetória e acessa quando e onde puder, por celular ou computador.

A Co.Liga no Tocantins

A parceria será coordenada pelo Governo do Estado do Tocantins, por articulação da Assessoria de Participações Sociais e Políticas de Governo em conjunto com o Conselho Nacional da Juventude do Governo Federal.
Nos próximos dias iniciarão as reuniões técnicas para viabilizar o lançamento e a execução da escola de economia criativa no Tocantins e em uma fase posterior será aberto pelo Governo do Tocantins aos 139 municípios para pactuarem a adesão ao programa.

 

Post Anterior

União Brasil anuncia que terá candidato próprio à Presidência

Próximo Post

Deputados aprovam adicionais a fiscais do Naturatins