0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 03/04/2020 15:34

A Procuradoria Geral do Estado (PGE/TO), solicitou à Justiça Federal, em Santa Catarina, a cessão provisória de aeronaves apreendidas na Operação Narcos, de combate ao tráfico internacional de drogas e lavagem de dinheiro, para uso do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer), nas operações de policiamento ostensivo e transporte aeromédico do Tocantins.

A magistrada acatou a argumentação da PGE, que apontou a suspensão das operações aéreas no Tocantins, em virtude da única aeronave disponível para o Ciopaer encontrar-se em manutenção, e a necessidade crescente das forças de segurança pública para as diversas atividades, como policiamento ostensivo, transporte de tropas e de pacientes para os hospitais. 

A decisão da justiça permite a cessão provisória ao Governo do Tocantins do avião modelo RV-10, com capacidade para transportar quatro passageiros e mais de 1,2 tonelada de peso. A aeronave será usada no transporte aeromédico (transporte de pacientes, transplante de órgãos, entre outros), no monitoramento das queimadas e do Jalapão, transporte de presos, entre outras atividades operacionais.

Aeronave foi apreendida durante Operação Narcos, da Polícia Federal, na Bahia. Foto: Divulgação.

Profissionais e estudantes de saúde

Foram abertas nesta sexta-feira, 3, vagas para que profissionais e estudantes da área da saúde possam atuar de forma voluntária nas unidades hospitalares de responsabilidade do Estado, da Capital e do interior.

Os interessados devem acessar o site www.voluntarios.to.gov.br para realizar a inscrição. “Estamos convocando médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, estudantes, dentre outros da área da saúde, que não integrem nossos quadros de servidores para esta missão. A previsão do Ministério da Saúde é que, no mês de abril, ocorra o pico da doença em todo o país, por isso, precisamos reforçar nosso sistema de atendimento. Sabemos do comprometimento e do amor que esses profissionais têm por seu ofício e torcemos para que eles atendam ao nosso chamado”, afirma o Governador.

De acordo com o último boletim da Secretaria de Estado da Saúde, o Tocantins possui 12 casos confirmados de pacientes infectados pelo novo Coronavírus, sendo 9 em Palmas e 3 em Araguaína.

As vagas estão abertas para os profissionais de saúde. Foto: Antonio Gonçalves/Governo do Tocantins.

 

Post Anterior

Governo publica MP que repassa R$ 16 bilhões a estados e municípios

Próximo Post

Polícia Civil deflagra ação de combate à criminalidade no norte do Estado