0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 27/07/2022 09:35

A governadora do Ceará, Izolda Cela, disse nesta terça-feira (26) que pediu sua desfiliação ao PDT. O anúncio ocorre após o partido definir que não vai apoiar a candidatura de Izolda à reeleição. Roberto Cláudio, ex-prefeito de Fortaleza, será o candidato pedetista no estado.

A candidatura de governadora era defendida pelo PT, que se irritou com a escolha de Roberto Claudio e anunciou a candidatura alternativa de Elmano FreitasA presidente do partido Gleisi Hoffmann, acusou os pedetistas de “machismo”.

Em nota, Izolda disse que sempre defendeu a união contra “o fascismo, a intolerância e o ódio”.

“Temos hoje, através de legítima decisão dos partidos que têm ajudado a construir esse Projeto em prol do Ceará, duas candidaturas lançadas ao Governo do Estado. Poderíamos já estar todos unidos contra o fascismo, a intolerância e o ódio. Defendi isso desde o início, juntamente com Cid, Camilo e tantos outros. Diante desta nova realidade, e respeitando as decisões tomadas, anuncio o meu pedido de desfiliação do PDT.”

Post Anterior

Já está nas contas salários dos servidores da Prefeitura de Palmas desde as primeiras horas dessa quarta feira

Próximo Post

Congresso manobra para liberar emendas em ano eleitoral

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.