0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 14/04/2021 14:45

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, assina nesta quinta-feira, 15, às 10 horas, Ordem de Serviço para o início das obras de pavimentação asfáltica da TO-247, no trecho de 50 km entre os municípios de Lagoa do Tocantins e São Félix do Tocantins, que dá acesso a um dos destinos turísticos mais visitados do Tocantins, o Jalapão.
O Governador vai acompanhar pessoalmente o início das obras a partir de Lagoa do Tocantins, obras estas que vão proporcionar melhoria da qualidade de vida dos moradores da região e facilitar o acesso aos seus atrativos naturais.  
O trecho da rodovia TO-247, do município de Lagoa do Tocantins até o km 50, deve receber as obras de terraplanagem, drenagem, obras de arte e pavimentação asfáltica. A execução dos trabalhos é de responsabilidade da empresa Domus – Engenharia e Participação Eirelli, vencedora da licitação. O contrato, assinado no início deste mês de abril, com a Agência Tocantinense de Transportes e Obras (Ageto), tem valor total de R$ 50.150.797,85.

Com a conclusão das obras, a TO-247 será mais uma opção de acesso aos atrativos do Jalapão, além das rodovias TO-030, TO-110 e TO-255. O acesso à rodovia é feito pelo município de Santa Tereza do Tocantins, de lá até Lagoa do Tocantins a pista já é pavimentada. A rota para o Jalapão por esse caminho, depois de pavimentado, deve facilitar o acesso e encurtar o tempo de viagem para turistas e moradores da região.

“O fortalecimento da atividade turística é muito importante para os municípios do Jalapão, e a rodovia pavimentada vai colaborar para isso. Também vai contribuir para o desenvolvimento socioeconômico dessa região e favorecerá o acesso de moradores a serviços e bens de consumo de outros centros urbanos”, destaca a secretária da Infraestrutura e presidente da Ageto, Juliana Passarin.  

Além da rodovia, o Governo também já trabalha no projeto para construção de um aeroporto em São Félix. O investimento estimado será de R$ 20 milhões.

Jalapão

Destino já conhecido por adeptos do ecoturismo e turismo de aventura, a região possui cenários naturais de beleza ímpar com cachoeiras, praia fluvial, chapadões, dunas, famosos fervedouros e muito mais. O Jalapão também possui grande importância na preservação ambiental, pois é formado pelo Parque Estadual do Jalapão, Parque Nacional das Nascentes do Rio Parnaíba; Estação Ecológica da Serra Geral do Tocantins; Área de Preservação Ambiental (APA) Serra da Tabatinga; e Área de Proteção Ambiental (APA) Jalapão. 
A região também é conhecida por sua importância cultural. Diversas comunidades quilombolas estão presentes no Jalapão, mantendo suas tradições e cultura, que está fortemente ligada ao artesanato feito de capim dourado, planta típica da região. Com o capim dourado são feitas bijuterias, bolsas, sandálias, cintos, chapéus, fruteiras e outros objetos que contribuem para a economia dessas comunidades e que até ganharam o Selo de Identificação Geográfica.
 
Com uma área de cerca de 34 mil km², o acesso aos seus atrativos naturais pode ser um desafio por causa do solo arenoso. Por isso, a pavimentação de rodovias de acesso à região é uma das principais demandas levantadas por moradores e empreendedores do ramo turístico para desenvolver a região. 
Post Anterior

Governo do Tocantins debate decreto de execução orçamentária e nova lei de licitação e contratos

Próximo Post

Covid-19: Tocantins contabiliza 967 novos casos confirmados

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *