0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 03/03/2021 15:45

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, anunciou na manhã desta quarta-feira, 3, a formação da comissão que irá preparar o novo concurso público da Secretaria de Estado da Segurança Pública. O anúncio, feito em solenidade restrita no Palácio Araguaia, foi transmitido por meio de live nas redes sociais do Governo. O Chefe do Executivo ainda assinou os atos de nomeação de 46 aprovados no concurso da Polícia Civil, realizado em 2014. 

O governador Mauro Carlesse destacou a importância de investir na segurança pública. “Fico feliz de estar fazendo do Tocantins cada vez mais um Estado com segurança. Tem que investir em homens, em tecnologia e em todas as áreas. O Tocantins, hoje, é um exemplo na segurança pública. Em uma crise igual a que nós estamos, causada pela pandemia e situações adversas, nós estamos vendo o nosso Tocantins baixando os índices de criminalidade. Tenho um respeito muito grande pelos profissionais da segurança pública”, enfatizou.

Sobre o novo concurso público, o governador Mauro Carlesse ressaltou que o mesmo só é possível graças ao equilíbrio das contas. “Esse concurso público em outros estados seria até impossível, mas pelo trabalho que estamos fazendo, aqui no Tocantins, é possível. Hoje, nós temos um direcionamento, temos metas e temos compromisso com a comunidade. Esse concurso que estamos dando início é sinônimo de qualidade. O concurso traz pessoas com qualidade para nos ajudar a fazer um Estado que atrai pessoas e investimentos”, ponderou.

“Tivemos o cuidado de equilibrar as contas, atendendo as leis naquilo que se refere a gastos com pessoal e, agora, podemos nomear os aprovados para melhorar o contingente da Polícia Civil, proporcionando mais segurança ao cidadão”, complementou o vice-governador Wanderlei Barbosa.

Nomeações e novo concurso

O secretário de Estado da Segurança Pública, Cristiano Sampaio, destacou que tanto a nomeação dos aprovados do concurso de 2014 quanto o anúncio da comissão que vai preparar o novo concurso, para provimento de cargos da carreira da Polícia Civil, são fundamentais para o fortalecimento da segurança no Tocantins. Foram nomeados 11 delegados de Polícia, 13 escrivães e 22 peritos oficiais.

“São duas pautas extremamentes importantes. A gente consegue aqui concluir a nomeação de um concurso que vem desde 2014. Logicamente que isso só foi possível após fazer os ajustes nas contas públicas. A Polícia Civil se fortalece quando tem mais pessoas em seu quadro, selecionadas em um processo de concurso público criterioso”, ressaltou.

Conforme o secretário Cristiano Sampaio, o novo concurso é necessário devido ao fato de que 37% dos cargos da carreira da Polícia Civil encontram-se vagos e à iminente aposentadoria de diversos outros policiais. 

O secretário Cristiano Sampaio ressaltou também que a segurança vive um novo momento. “O que a gente vê é um momento novo na segurança pública do Tocantins e os resultados já aparecem. Nesse primeiro bimestre de 2021, tivemos uma redução de 23% no número de homicídios no Estado e uma redução superior a 40% nos crimes contra o patrimônio. E, ao anunciar a comissão que vai preparar um novo concurso público, o Governo reforça o quanto a segurança pública é importante”, afirmou.

Também participaram da live, na sala de reuniões do Palácio Araguaia, o secretário-chefe da Casa Civil, Rolf Vidal; e a delegada-geral da Polícia Civil, Raimunda Bezerra de Souza; e, virtualmente, representantes de órgãos de controle e de associações e sindicatos das categorias que compõem a área de segurança pública no Estado.

Post Anterior

Governo quer voltar com redução de salário por 4 meses, mas pagando até 2

Próximo Post

Tocantins contabiliza 721 novos casos confirmados da Covid-19 e 10 óbitos