0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 20/04/2021 15:38

O governador do Tocantins, Mauro Carlesse, acompanhado do secretário de Estado da Segurança Pública (SSP), Cristiano Sampaio, vistoriou nesta terça-feira, 20, as instalações da Cidade da Polícia Civil, na Quadra 202 Sul, em Palmas, local que abrigará unidades operacionais e administrativas da Polícia Civil e da Polícia Científica. A vistoria foi acompanhada pela delegada-geral da Polícia Civil, Raimunda Bezerra de Souza; e pela superintendente da Polícia Científica, Dunya Wieczorek Spricigo de Lima.

Na ocasião, o governador Mauro Carlesse destacou o orgulho em poder entregar o complexo que trará mais conforto ao servidor e permitirá um melhor atendimento à população. “Eu sei que essa era uma demanda antiga da categoria e fico muito orgulhoso de poder entregar esse espaço mais adequado e cada vez mais investir em técnica, qualidade e segurança para que vocês continuem a prestar um excelente serviço”.

Já o secretário Cristiano Sampaio afirmou que o local representa um marco histórico para a Polícia Civil do Estado do Tocantins e é mais um passo para promover o processo de fortalecimento institucional. “Essa nova sede, que será entregue nos próximos dias, é um símbolo do reconhecimento e valorização que o Governo do Tocantins tem com o servidor da área da segurança e com toda a instituição”, afirmou.

A nova instalação, além de mais moderna e integrada, também impactará na redução de despesas com aluguel em 23%, pois as unidades, hoje instaladas em diversos prédios, também alugados, estarão reunidas na Cidade da Polícia.

Concessões

Ainda durante a vistoria, o Governador autorizou a retomada dos processos para concessão das progressões funcionais dos servidores; o pagamento de indenizações em atraso; e a publicação da normativa que estabelece a realização de dois plantões consecutivos com intervalo de oito horas de sobreaviso e que também serão indenizados.

O secretário Cristiano Sampaio assegurou que, ainda nesta terça-feira, 20, o Boletim Interno da Segurança Pública, a ser publicado na intranet da Pasta, trará a relação dos servidores aptos à progressão e a normativa dos plantões.

Cidade da Polícia Civil

A Cidade da Polícia conta com 2.823 m² de área construída, além das unidades administrativas da Polícia Civil e Científica, abrigará também laboratórios de genética forense, necessários para o trabalho de perícia. O complexo conta ainda com espaços que serão destinados à prática de atividades físicas.

Post Anterior

Tocantins contabiliza 901 novos casos da Covid-19

Próximo Post

Câmara contraria bolsonaristas e aprova urgência para revogar Lei de Segurança Nacional

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *