0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 04/06/2022 17:27

O presidente do STF, Luiz Fux, marcou para a próxima terça-feira (7) uma sessão extraordinária do plenário virtual para analisar uma ação que questiona a suspensão da cassação do deputado Fernando Francischini.

Na quinta, o ministro Kassio Nunes Marques derrubou uma decisão do TSE que cassou o mandato do deputado Fernando Francischini. O parlamentar bolsonarista havia sido acusado de espalhar fake news sobre as urnas eletrônicas nas eleições de 2018.

No plenário virtual, os ministros depositam seus votos no sistema do Supremo dentro de um prazo, sem que haja debate presencial ou por videoconferência.

“Considerando a necessidade urgente de análise e decisão do Plenário deste Supremo Tribunal Federal sobre a matéria questionada na presente ação, pelo menos em sede liminar, para se decidir sobre o cabimento e o pleito de medida de suspensão de efeitos de ato judicial de integrante desta Casa, solicito ao Ministro Luiz Fux, Presidente, seja convocada sessão extraordinária do Plenário Virtual para o dia 7 de junho de 2022, de 0:00 às 23:59′ para deliberação”, afirmou Cármen no pedido.

Nunes Marques enviará para a Segunda Turma do STF o julgamento dos casos em que restituiu os mandatos dos deputados Fernando Francischini e Valdevan Noventa.

Post Anterior

Eleitores não querem terceira via, diz presidente do Instituto Locomotiva

Próximo Post

Lula diz que vai reconstruir política ambiental "destruída" por Bolsonaro

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.