0
Compartilhamentos
Pinterest Google+

⟳ Atualizada em: 30/06/2020 16:30

Ao todo, 278 Pessoas Privadas de Liberdade voltaram a estudar por meio da execução de atividades remotas, em uma ação integrada entre a Secretaria de Educação, Juventude e Esportes (Seduc) e a Secretaria de Estado da Cidadania e Justiça (Seciju).

Neste momento de pandemia da Covid-19, a oferta de escolarização da Educação Básica as Pessoas Privadas de Liberdade nas Unidades Prisionais acontecerão através do repasse de um kit pedagógico com atividades impressas que deverão ser respondidas dentro da cela no período de uma semana e após a finalizadas serão entregues aos servidores da unidade. Em sequência a isso serão repassadas para os professores que farão as correções e orientações necessárias para a boa aprendizagem.

Os presos recebem o material que foi devidamente desinfetado e que servirá de apoio para os estudos e base de sua avaliação. Foto: Seciju/ Governo do Tocantins.

O gerente de Educação, Trabalho e Renda ao Preso e Egresso dos Sistemas Penitenciário e Prisional da Seciju, Leandro Sousa, comentou a retomada das aulas neste contexto social atual. “Compreendo que a suspensão das aulas presenciais pelo poder público foi uma medida importante de combate à disseminação do novo Coronavírus e percebemos que o retorno às aulas, mesmo que remotamente, é um avanço para a política de educação em prisões na modalidade EJA”, disse.

O gerente de Educação em Prisões da Seduc, Dálcio Soares, ressaltou a importância da combinação de forças entre os servidores de ambas as Pastas. “Este é o fruto de um trabalho articulado entre as equipes que estão à frente da Política da Educação para viabilizar este retorno, que muito tem alegrado aos professores e aos alunos assistidos”, finalizou.

Post Anterior

Mais de 200 títulos definitivos são entregues pela prefeitura de Palmas para moradores da região sul

Próximo Post

Governo vai estender auxílio emergencial por mais 3 meses, diz Guedes

Sem comentários

Deixar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *